Iniciou sua carreira aos 15 anos cantando nos rodeios e festivais de intérpretes da Região da Campanha. Hoje, aos 32, mora na Capital dos Gaúchos e canta MPB clássico, Samba de raiz e música Nativista.

Sua marca registrada é a ousadia e irreverência.

No meio tradicionalista/nativista, possui um repertório bem litorâneo, apesar de ser fronteiriça. É apreciadora dos ritmos maçambique e quicumbi.

Canta também o gênero que costuma chamar de “MPG” (Música Popular Gaúcha), relembrando alguns clássicos da nossa cultura.

Com uma performance e repertório ousados, solta a voz nos palcos nativistas e tradicionalistas, cantando e contando a história, o folclore e a religião afro do Rio Grande do Sul.

Na linha da MPB e do Samba, canta clássicos de Cartola, Vinícius, Baden Powell, Chico, Betânia, Caetano, Elis, Clara Nunes, Maysa... com muita ousadia e graça, mesclando sempre interpretação, canto e dança num espetáculo que não deixa ninguém parado.